RFLX: #2 O Caos do Planeta Está Dentro de Mim

Enquanto escuto o cd novo d’O Terno, MELHOR DO QUE PARECE, e percebo o quanto ele me diz um punhado de coisas, fico aqui me perguntando – fazendo outra percepção – o porquê de sempre que passo por algum tipo de evento marcante, traumático ou não, recorro à música, em busca de resposta, de acalento, de exaustão. Por que não um gibi?

Que gibi ler quando passando por um término de namoro? Que gibi ler quando passando por um término de namoro em que uma pessoa ficou mal e a outra pior ainda? E que gibi ler quando as coisas melhoram e essas pessoas ficam bem? Que gibi ler quando sem grana, no modo sobrevivência ligado? Que gibi ler quando se sentindo perdido? Que gibi ler quando fortalecendo amizades? Que gibi ler quando fazendo a quest da graduação? Que gibi ler quando se percebe uma rejeição a algumas roupas que usava? Que gibi ler quando doidão? Que gibi ler?

Não tenho resposta pra nenhuma das perguntas (Talvez a do doidão). Vou em busca dessas respostas aí (Arzach. Arzach é massa pra ler doidão. Pelo menos até ter muita coisa escrita. Aí não. Aí fica confuso, aperta a mente). É isso. Um dia eu volto com as respostas aí. Ou não. Volto, com certeza. Tem outras coisas pra falar. E você, que lê, que leu, tem alguma das respostas aí?

Moebius-Arzak4.jpg

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s